Da Função Socioambiental da Terra

Leandro Almeida de Santana

Resumo


Este artigo científico tem por objeto de estudo a função socioambiental da terra, a partir da previsão contida no art. 186, II, da Constituição Federal de 1988. Com vistas à melhor compreensão do tema, o artigo divide-se em duas partes distintas. A primeira delas trata do conceito global de função social da terra, apontando também o contexto histórico do surgimento deste instituto no ordenamento jurídico brasileiro; a segunda ocupa-se, especificamente, da função socioambiental, apontando a opinião de diversos estudiosos do tema.

Palavras-chave


função socioambiental; terra; Constituição Federal.

Referências


ARAÚJO, Telga. A propriedade e sua função social. In: LARANJEIRA, Raymundo (coord.). Direito agrário brasileiro. São Paulo: LTr, 1999. p. 154-166.

BORGES, Paulo Torminn. Institutos básicos do direito agrário. 5 ed. rev. e ampl. São Paulo: Saraiva, 1987.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. In: Acesso em 31 jul 2013, às 11h23min.

_______. Constituição Política do Império do Brasil, de 25 de março de 1824. In: Acesso em 31 jul 2013, às 10h23’min.

_______. Lei nº. 4.504, de 30 de novembro de 1964. Dispõe sobre o Estatuto da Terra, e dá outras providências. Brasília-DF: Diário Oficial da União de 31 nov 1964.

_______. Lei nº. 12.651, de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nos 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Brasília-DF: Diário Oficial da União de 28 maio 2012.

FERREIRA, Pinto. Curso de Direito. 3 ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 1998.

GRAZIANO NETO, Francisco. Questão agrária e ecologia: crítica da moderna da agricultura. 2 ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito Ambiental Brasileiro. 18 ed. rev. atual. e ampl. São Paulo: Malheiros Editores, 2010.

MARQUES, Benedito Ferreira. Direito agrário brasileiro. 8 ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2009.

MILARÉ, Édis. Direito do ambiente. 3 ed. rev. atual. e ampl. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2004.

_______. Direito do Ambiente: a gestão ambiental em foco. 7 ed. ver. atual e reform. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2011.

MOTTA, Márcia Maria Menendes; ZARTH, Paulo (orgs.). Formas de resistência camponesa: visibilidade e diversidade de conflitos ao longo da história. São Paulo: Editora UNESP; Brasília-DF: Ministério do Desenvolvimento Agrário, NEAD, 2008.

OPTIZ, Oswaldo; OPTIZ, Sílvia C.B. Curso completo de Direito Agrário. 4 ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2010.

SAMPAIO, Plínio de Arruda. A Reforma Agrária. In: Revista da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA). Ano 18, nº. 02. Ago a Nov 1988.

SILVA, José Gomes da. Reforma agrária na Constituição Federal de 1988: Uma avaliação crítica. In: Revista da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA). ano 18. N. 2. Agosto a novembro 1988, p. 05- 20.

SILVA, Lígia Osório. Terras devolutas e latifúndio: efeitos da lei de 1850. 2 ed. Campinas – SP: Editora da Unicamp, 2008.

SILVA, J.A.A. (et. al). O Código Florestal e a Ciência: contribuições para o diálogo. ISBN: 978-85-86957-16-1. São Paulo: Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência, SBPC. Academia Brasileira de Ciências, ABC. 2011. 124 p.

SMITH, Roberto. Propriedade da Terra & transição: estudo da formação da propriedade privada da terra e transição para o capitalismo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1990.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0