A Necessidade de Regulação Legislativa para Utilização do Serviço de Computação em Nuvem

Luciana Silva

Resumo


A utilização da nuvem não é uma modalidade nova, porém ganhou grande destaque na mídia em vista da manutenção do sigilo das informações. Os resultados demonstram que o modelo Computação em nuvem constitui uma solução economicamente viável, muito utilizada no meio empresarial, porém, desprotegida pela legislação, gerando assim, insegurança e entrave na utilização desse serviço. A possível e futura legislação deverá regular a guarda e manutenção das informações. Na atual situação, desprovido de regulamentação, permanece a cargo do contrato, firmado entre as partes, a responsabilidade pela resolução de conflitos típicos deste tipo de contratação.

Palavras-chave


Computação na Nuvem. Sigilo. Legislação. Internet

Referências


Referência Bibliográfica

ALBERTIN, A. L.; SANCHES, O.P. Outsourcing em TI: impactos, dilemas, discussões e casos reais. Rio de Janeiro: FVG, 2008.

BECK, U. La Sociedad del Riesgo Global. Espana: Siglo Veintiuno, 2002.

DINIZ, Maria Helena. Lei de introdução ao Código Civil brasileiro interpretada. São Paulo: Ed. Saraiva, 2000.

JORNAL DCI. Computação em nuvem cresce 40% em 12 meses. Edição de 22 de setembro de 2011.

LUCCA, N.; SIMÃO FILHO, A.; et al. Direito e Internet. Aspectos jurídicos relevantes. São Paulo: Edipro, 2000.

MCNEIL, Sonia. Privacy and the Modern Grid. Harvard Journal of Law & Technology.V.25 n.1, 2011.

PINHEIRO, P. P. Direito Digital. 4 ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

SANTOS, A.P.V. Cloud Computing: impasses legais e normativos. Revista Científica Intr@ciência, v. 2, n.1, p. 16-105, nov. 2010

TAURION, C. Cloud Computing: Computação em Nuvem. Rio de Janeiro: Brasport, 2009, p.22.

VAQUERO, L.M.; RODERO-MERINO, L.; CACERES, J.; et al. A Break in the Clouds: Towards a Cloud Definition. ACM SIGCOMM Computer Communication Review, v. 39, n.1, p. 50–55, 2009.

Sites consultados

CSABR. CLOUD SECURITY ALLIANCE. Cloud Computing + Tendências – uma Nuvem de Oportunidades. Disponível em Acesso em 30 de jul. 2014.

CISG. Disponível em: http://www.cisg-brasil.net/a-cisg. Acesso em 28.out.2014

CONVERGÊNCIA DIGITAL. Disponível em: Acesso em 20/07/2014.

Direitonet: http://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/2903/Arbitragem-na-solucao-de-conflitos-no-comercio-eletronico>. Acesso em 28.out.2014

ENTENDA O MARCO CIVIL DA INTERNET. Disponível em: Acesso em 01/08/2014

FUTURECOM. Cloud deverá ultrapassar US$ 1 bi no Brasil em 2017. Disponível em: . Acesso em 25 de jun. 2014

GARTNER. Gartner says Cloud Computing Will be as Influential as E-business. Special Report Examines the Realities and Risks of Cloud Computing. 2008. Disponível em . Acesso em 30 de jul. 2014.

GLOBALWEB. Brasil deixa de ser o último no Ranking Anual de Cloud Computing. Disponível em Acesso em 01 agos. 2014

IBM. Internacional Business Machines. Adoção de Cloud Computing deve dobrar até 2015, segundo estudo da IBM. 2012. Disponível em . Acesso em 21 de jul. 2014.

PINHEIRO, P. P. Cloud desafia o modelo jurídico atual, baseado em fronteiras físicas. 2011. Disponível em Acesso em 17 de jul. 2014

VASQUEZ, R. F. A Proteção de Dados Pessoais nos Estados Unidos, União Europeia e América do Sul: interoperabilidade com a proposta de Marco Normativo no Brasil. 2010. Disponível em: . Acesso em 21 de jul. 2014

SYMANTEC. Pesquisa sobre Situação de Cloud Computing: Resultados América Latina. Disponível em: < http://www.symantec.com/content/pt/br/enterprise/images/theme/state-of-cloud/State-of-Cloud-Report-LAM-PORT-FN.pdf>. Acesso em: 28 out. 2014.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0