O Limite da Dignidade: Necessidade de Proteção da Pessoa Humana nos Confins da Vida

Bernardo Silva de Seixas, Roberta Kelly Silva Souza

Resumo


O presente trabalho trata da busca a proteção da pessoa humana no derradeiro final da vida, na sua morte, principalmente naquelas situações em que há situações traumáticas, tal qual doenças incuráveis ou crônicas, assim como situações em que o enfermo não detém meios de exprimir sua vontade no tocante ao tratamento médico que será aplicada para prolongamento de sua vida. Analisa-se a temática na Constituição, onde, por meio de interpretação constitucional, intenta-se aplicar a dignidade da pessoa humana nos momentos próximos à morte, tratando de verificar, no ordenamento jurídico pátrio, quais são os meios disponíveis para que o enfermo manifeste sua vontade sobre procedimentos médicos que deseja ser submetido. Trata-se, também, da instrumentalização deste direito no âmbito das relações privadas, com abordagem acerca das diretivas antecipadas de vontade, nas suas duas espécies, tanto analisando o testamento vital como o mandato duradouro.

Palavras-chave


Dignidade. Vida. Testamento Vital. Mandato Duradouro.

Referências


ALARCÓN, Pietro de Jesús Lora. Patrimônio Genético Humano e sua Proteção na Constituição Federal de 1988. São Paulo: Método, 2004.

BARROSO, Luís Roberto. A Dignidade da pessoa humana no direito constitucional contemporâneo: a construção de um conceito jurídico à luz da jurisprudência mundial. Belo Horizonte: Fórum, 2013.

DADALTO, Luciana. Testamento Vital. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2015.

FARIAS, Cristiano Chaves. ROSENVALD, Nelson. Curso de Direito Civil: Parte Geral e LINDB. Salvador : Juspodivm, 2013.

MELO, Helena Pereira de. O Direito a morrer com dignidade. Coimbra: Revista Portuguesa de Direito da Saúde, 2006.

PERLINGIERI, Pietro. O Direito Civil na Legalidade Constitucional. São Paulo: Renovar, 2008.

PONA, Éverton Willian. Testamento vital e autonomia privada: Fundamentos das Diretivas Antecipadas de Vontade. Curitiba: Juruá, 2015.

SANCHEZ, Cristina Lopez. Testamento Vital y voluntaddel paciente: conforme ley 41/2002 de 14 de Noviembre. Madrid : Dykinson, 2003.

SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos Direitos Fundamentais: Uma teoria geral dos Direitos Fundamentais na Perspectiva Constitucional. 11ª ed. rev. e atual. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2012.

SCHREIBER, Anderson. Direito Civil e Constituição. São Paulo: Atlas, 2013.

TEPEDINO, Gustavo. A influência dos Direitos Humanos e Direitos Fundamentais no Direito Civil Brasileiro. In LEAL, Larissa Maria de Moraes. Direito Civil Constitucional. Florianópolis: CONPEDI, 2014.


Texto completo: Pdf

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0