Sistemática de proteção de credores nas operações de fusão e incorporação de empresas envolvendo sociedades anônimas

Richard Maiky Coletti, Vivian Amaro Czelusniak

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo demonstrar a sistemática de proteção de credores nas operações de fusão e incorporação de empresas envolvendo sociedades anônimas. Primeiramente se explicará o que são tais operações, discorrendo sobre suas peculiaridades, discorrer-se-á sobre o conceito de ambas as operações, quais são as sociedades que podem se utilizar de tal artificio e especificamente quais operações de fusão e incorporação são relevantes para o presente trabalho. Em seguida demonstrar-se-á como são operacionalizadas tais reorganizações societárias, passando desde a fase preparatória, quais informações devem conter no protocolo e na justificação, até se chegar à forma de aprovação de tais operações. Na sequência se chegará aos mecanismos que visam proteger os credores que possam vir a ser prejudicados pela realização das operações de fusão e incorporação, explicando o mecanismo de anulação e quais os direitos dos debenturistas. Por fim concluir-se-á se existe uma sistemática de proteção a tais credores.


Palavras-chave


Fusão; Incorporação; Proteção a Credores

Referências


ARAGÃO, Leandro Santos de. Dever de informar e Operações de Reorganização Societária – procedimento preparatório e as informações assimétricas. In: CASTRO, Rodrigo R. Monteiro de; ARAGÃO, Leandro Santos de (coord.). Reorganização Societária. São Paulo: Quartier Latin.

BRASIL. Lei Nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Dispõe sobre as Sociedades por Ações. Brasília, 1976. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2016.

BRASIL. Lei 9.245/95. Altera a legislação do imposto de renda das pessoas jurídicas, bem como da contribuição social sobre o lucro líquido, e dá outras providências. Brasília, 1995. Disponível em: . Acesso em 30 mar. 2016.

BRASIL. Lei Nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Código Civil. Brasília, 2002. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2016.

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. DJe 13/05/2009). Disponível em: . Acesso em 30 mar. 2016.

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. Súmula nº 554. Disponível em . Acesso em: 30 mar. 2016.

COELHO, Fábio Ulhoa. Curso de direito comercial: direito de empresa. 16ª ed. São Paulo: Saraiva, 2012. v. 2.

GRUPENMACHER, Betina Treiger. Art. 132. In: GRILLO, Fabio Artigas; SILVA, Roque Sérgio D`Andrea Ribeiro da (Coord.). Código Tributário Nacional – Anotado. Versão eletrônica disponível em acesso em 30/03/16.

MAMEDE, Gladston. Direito Empresarial Brasileiro: direito societário: sociedades simples e empresarias. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2010. v. 2.

MATTAR Filho, Paulo. O sistema de proteção aos credores nas operações de incorporação, fusão e cisão. In: CASTRO, Rodrigo R. Monteiro de (Coord.); ARAGÃO, Leandro Santos de (Coord.). Reorganização Societária. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

MUNIZ, Ian de Porto Alegre. Fusões e Aquisições – Aspectos fiscais e Societários. 2ª ed. São Paulo: Quartier Latin, 2011.

PEDREIRA, José Luiz Bulhões; LAMY FILHO, Alfredo. A Lei das S.A. Rio de Janeiro: Renovar, 1996, v. 2. miftachulabdulnopilianti

REQUIÃO, Rubens. Curso de direito comercial. 29ª ed. São Paulo: Saraiva, 2012. v. 2.

WALD, Arnoldo; MORAES, Luiza Rangel de, WALD, Alexandre de Mendonça. Direito civil: direito de empresa. São Paulo: Saraiva, 2012. v. 8.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0