CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS ORIUNDAS DO CONTRATO DE TRABALHO COMO DIREITO FUNDAMENTAL: TEORIA DO DIÁLOGO DAS FONTES COMO INSTRUMENTO PARA SUA EFETIVAÇÃO

Fernando Nogueira Bebiano, Océlio de Jesus Carneiro Morais

Resumo


Há uma dicotomia entre o direito do trabalho e o previdenciário provocado por uma interpretação literal do parágrafo 3º, artigo 55 da Lei nº 8.213/91 realizada pelo INSS que não aceita de forma automática os efeitos das decisões trabalhistas para fins previdenciários. Criando, desta forma, um antagonismo entre os subsistemas de justiça especializada que tem potencial de gerar lacuna no ordenamento jurídico, obstaculizando o trabalhador segurado o exercício de seu direito fundamental à previdência social. Essa pesquisa foi desenvolvida a luz de uma abordagem analítica afim de identificar as lacunas provocadas por esse antagonismo normativo, e para promover a heterointegração dos subsistemas, foi proposta a teoria do Diálogo das fontes, sendo esta a relevância social desta pesquisa.

 


Palavras-chave


Previdência social. Direito fundamental. Diálogo das Fontes.

Referências


ALENCAR, Hermes Arrais. Benefícios Previdenciários. 4. ed. São Paulo: EUD, 2011.

ALEXY, Robert. Teoria dos Direitos Fundamentais. Trad. Virgílio Afonso da Silva. SP: Malheiros, 2008.

ALMEIDA, Renato Rua de. Aplicação da teoria do diálogo das fontes no direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2015.

ÁVILA, Humberto. Sistema constitucional tributário. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

BOBBIO, Norberto. Teoria do ordenamento jurídico. 10. ed. Tradução por Maria Celeste Cordeiro Leite dos Santos. Brasília: UnB, 1999.

BRASIL, Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Bra., DF: Senado, 1988.

_______. Decreto - Lei nº 4.657, de 4 de setembro de 1942. Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro (LINDB). Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Rio de Janeiro, 4 de setembro de 1942.

_______. Lei n. 8.213, de 24 de julho de 1991. Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Brasília, DF: Poder Executivo, 1991.

_______. Lei nº 13.105, de 16 de março 2015 (CPC). Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF, 17/03/2015, Seção 1, p.1.

________. Superior Tribunal de Justiça. AgRg no REsp 1.402.671, da 2ª. Lex: Jurisprudência do STJ e Tribunal Regional Federal, São Paulo, v. 11, n. 103, mar. 2013. pp. 236/240.

________. Tribunal Regional Federal da 1º Região. AC 28987 DF 1999.34.00.028987-0, da 9ª. Lex: Jurisprudência do TRF 3 , São Paulo, v. 11, n. 103, mar. 2008. pp. 023/098.

________. Tribunal Regional Federal da 3º Região. EI 00317639220084039999, da 9ª. Lex: Jurisprudência do TRF 3 , São Paulo, v. 11, n. 103, mar. 2009. pp. 133/148.

CAPPELLETTI, Mauro; GARTH, Bryant. Acesso à justiça. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris, 1988; reimp. 2002.

CARRION, Valetin. Comentários à Consolidação das Leis do Trabalho. 24. ed.SP: Saraiva, 1999.

COVIELLO. In: LIMA, Hermes. Introdução à ciência do direito. 24, ed. Rio de Janeiro. Freitas Barros, 1977.

DINAMARCO, Candido Rangel. Instituições de processual civil direito. 4. ed. rev. SP: Malheiros, 2004.

DINIZ, Maria Helena. Compêndio de introdução à ciência do direito, 14. ed. SP: Saraiva, 2001.

DUARTE, Leonardo de Farias. Obstáculos econômicos à efetivação dos direitos fundamentais sociais. RJ: Renovar, 2011.

DWORKIN, R. M. É o direito um sistema de regras?. Estudos Jurídicos, São Leopoldo, RS , v.34, n.92 , p. 119-158 , set./dez. 2001.

FAVA, Marcos Neves. Efetividade da jurisdição trabalhista e recolhimentos previdenciários : crítica à revogação da Súmula n. 368 do Tribunal Superior do Trabalho. Caderno de Doutrina e Jurisprudência da Ematra XV, v.2, n.6, nov./dez. 2006.

FUX, Luiz. O novo processo civil. In: FUX, Luiz (coord.) O novo processo civil brasileiro: direito em expectativa. Rio de Janeiro: Forense, 2011.

LEITE, Carlos Henrique Bezerra. Princípios Jurídicos Fundamentais do novo Código de Processo Civil e seus reflexos no Processo do Trabalho. Revista Síntese trabalhista e previdenciária. Imprenta: São Paulo, IOB, 2010. Referência: v. 25, n. 305, nov., 2014.

MARQUES, Claudia Lima. Diálogo entre o Código de Defesa do Consumidor e o novo Código Civil: do diálogo das fontes no combate às cláusulas abusivas. Revista de Direito do Consumidor, v. 45. 2003.

MARTINS, Sérgio Pinto. Direito da seguridade social. São Paulo: Atlas, 19ª ed., 2003.

MORAIS, Océlio de Jesus Carneiro. Inclusão previdenciária: uma questão de justiça social – SP: LTr, 2015.

_____________________________. Antinomia entre o § 3º, do Art. 55, da Lei 8.213/91 e o Princípio da Proteção Social. Revista do Tribunal Regional da 8ª Região. Belém. v. 44, n. 86, 2011.

______________________________. Competência da justiça federal do trabalho e a efetividade do direito fundamental à previdência. São Paulo. LTr. 2014.

______________________________. O Processo Do Trabalho Como Política Judiciária À Efetividade Do Direito Fundamental À Previdência Decorrente Das Decisões Judiciais Trabalhistas. Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª. Região, v. 47, 2014.

OLSEN, Ana Carolina Lopes. Direitos fundamentais sociais: efetividade frente à reserva do possível. Curitiba: Juruá, 2008.

SARLET, Ingo Wolfgang. A eficácia dos direitos fundamentais: uma teoria geral dos direitos fundamentais na perspectiva constitucional. 10. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

SCALÉRCIO, Marcos; Salvador, Sérgio Henrique; Agostinho, Theodoro Vicente. A sentença trabalhista e suas repercussões no direito previdenciário. São Paulo : LTr, 2016.

SILVA, José Afonso. Aplicabilidade das normas constitucionais. São Paulo: Malheiros, 1999.

TEIXEIRA, Denilson Victor Machado; Berwanger, Jane Lúcia Wilhelm; Morais, Océlio de Jesús Carneiro. Sistemas Jurídicos: A dinâmica da técnica tópica. Ed. Lumen Juris, Rio de Janeiro. 2013.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0