Monsenhor Benvindo e a Porta sem Fechaduras nem Trancas: Uma Análise Interdisciplinar da Fraternidade na Obra “Os Miseráveis”

Tailine Fátima Hijaz, Geralda Magella de Faria Rossetto

Resumo


O presente artigo tem por objetivo estudar a fraternidade, em uma perspectiva política, com base no romance “Os Miseráveis”, tomando como pano de fundo o estudo interdisciplinar entre o Direito e a Literatura. Para atingir o objetivo firmado, utiliza-se como método de abordagem o dedutivo, e como método de procedimento o histórico, descritivo e argumentativo. ario syabantika Além disso, o trabalho encontra-se dividido em três partes fundamentais: (a) primeiro pretende-se estudar a fraternidade em seus principais aspectos e, (b) por outro lado, examinar a obra literária em comento, com foco na personagem Monsenhor Benvindo. Por fim, (c) intenta-se estabelecer um paralelo entre as duas fontes de estudo, abordando as representações da fraternidade na obra prima de Victor Hugo.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Thesis Juris

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma  Licença Creative Commons Attribution 4.0